sábado, 24 de dezembro de 2011

QUAL A DATA EM QUE JESUS NASCEU? A BÍBLIA INDICA! (Escrito por Sidcley Rodrigues do Amaral)






"E o verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade"


(João 1.14)






Em praticamente todo o mundo dito cristão é celebrado no dia de hoje, 24 de dezembro, a véspera do Natal, ou seja, do nascimento de Jesus Cristo.


No entanto, não é possível sabermos com exatidão a data em que Jesus nasceu, pois isso nunca foi registrado nas Escrituras Sagradas. Todavia, a Bíblia nos dá indícios em relação à provável época do nascimento de Cristo.

Sabemos que o dia 25 de dezembro jamais poderia ser a data exata nem ao menos a data aproximada em que Jesus nasceu e isso por várias razões:


- Na noite em que Jesus nasceu havia pastores apascentando suas ovelhas no campo (Lc 2.8), o que seria impossível se Jesus tivesse nascido em 25 de dezembro (mês de TEVÊT no calendário judaico), pois nessa época seria inverno na Judéia e as noites eram extremamente frias;



- É amplamente conhecido e divulgado que na data de 25 de dezembro, no antigo calendário romano pagão, era celebrada a festividade pagã denominada Saturnália, referente ao nascimento ou vinda da divindade romana "Sol Invictus" (natalis solis invictus). A igreja de Roma, no quarto século da era cristã, convencionou essa data para ser a do nascimento de Cristo a fim de agradar e atrair os pagãos para o Cristianismo;



- Jesus foi concebido no ventre de Maria seis meses depois da concepção de João Batista (Lc 1.36). A mãe de João Batista só ficou grávida após seu marido Zacarias cumprir o seu turno sacerdotal (Lc 1.23-24);



- Segundo o Antigo Testamento, havia 12 turnos sacerdotais durante o ano(1 Cr 24.7-18). A cada mês judaico revezavam dois turnos. O oitavo turno era o de Abias (1 Cr 24.10);



- O sacerdote Zacarias, pai de João Batista, ministrava no templo pelo turno de Abias (mês de TAMUZ no calendário judaico), que corresponde ao fim de junho e início de outubro do nosso calendário.



- Se João Batista foi concebido no mês de TAMUZ, então, seis meses depois, Jesus foi gerado pelo Espírito Santo no ventre de Maria, ou seja, Jesus foi concebido no mês de TEVÊT (que no nosso calendário corresponde ao fim do mês de dezembro e início de janeiro).



- ATENÇÃO: Jesus não nasceu entre o fim de dezembro e início de janeiro, e sim foi GERADO no ventre de Maria por essa época.



Destarte, chegamos a seguinte conclusão: se o período de gestação foi normal, ou seja, de nove meses, então Maria somente poderia ter dado à luz a Jesus no mês judaico de TISRI (que corresponde ao fim do mês de setembro e início de outubro do nosso calendário)!



No mês de TISRI é comemorada a Festa dos Tabernáculos pelos judeus (no início do nosso mês outubro). Na Bíblia, a Festa dos Tabernáculos é uma das três principais festas instituídas por Deus através de Moisés (Lv 23) e relembra a época em que Deus protegia a Israel pelo deserto e o povo morava em tendas ou barracas após a saída do Egito.



Em outro aspecto (principal), a Festa dos Tabernáculos também celebrava a habitação de Deus no meio do povo quando descia ao tabernáculo construído por Moisés no deserto (Ex 40.34-38).



Jesus mui provavelmente nasceu no mês de TISRI na época da Festa dos Tabernáculos. Por causa do alistamento obrigatório do decreto de César Augusto, José e Maria deveriam estar em sua cidade natal, isto é, Belém de Judá (Lc 2.1-7). Por isso não estavam em Jerusalém durante a festa.



Amados irmãos, creio que não existem coincidências nas coisas de Deus. Jesus ao nascer durante a Festa dos Tabernáculos cumpre de forma magistral seu título EMANUEL, isto é, Deus conosco (Is 7.14; Mt 1.23).



E igualmente impressionante é quando examinamos o que diz João 1.14: "E o Verbo se fez carne e habitou entre nós".



No texto original, em grego, o verbo "habitou" é skenoo, que significa literalmente TABERNACULOU.


Destarte, a melhor tradução para João 1.14 é: "E o Verbo se fez carne e tabernaculou entre nós".



Glórias a Deus nas alturas! Que neste Natal, amado leitor, (e em todos os dias do ano) você possa ter a companhia do Senhor Jesus na tua vida e no teu lar!


A promessa Ele já nos fez: "E eis que eu estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos" (Mt 28.20).








2 comentários:

  1. Querido filho, que Deus continue te usando. Este texto tirou muitas dúvidas a cerca desta data. Ti amo!

    ResponderExcluir
  2. https://www.facebook.com/MPP333/posts/1312837788755718

    ResponderExcluir