segunda-feira, 30 de maio de 2011

O JUÍZO DAS NAÇÕES E O JUÍZO FINAL (Escrito por Sidcley Rodrigues do Amaral)


É comum muitos leitores da Palavra de Deus, e até pregadores, fazerem confusão entre o Juízo das Nações e o Juízo Final, como se fossem o mesmo evento.

No entanto, são dois eventos distintos que ocorrerão em épocas diferentes.

O Juízo das Nações foi vaticinado por Jesus, no Sermão do Monte das Oliveiras e está registrado no Evangelho de Mateus cap. 25, vs. 32 ao 43. Esse evento ocorrerá após a Grande Tribulação, quando Cristo vier com poder e grande glória, já com a Igreja (que havia sido arrebatada), para derrotar o Anticristo e estabelecer o seu reino milenial. O Juízo das Nações também é chamado de Juízo do Trono da Glória de Cristo.

Por sua vez, o Juízo Final foi revelado ao apóstolo João no livro de Apocalipse cap. 22, vs. 11 ao 15. Ocorrerá após o reinado de mil anos de Cristo sobre a Terra. Nesse juízo há basicamente dois critérios a serem examinados: as obras e o registro no Livro da Vida. Analisando o texto sobre o Juízo Final, vemos que há outros livros (Ap 20.12). Esses livros, ao que tudo indica, contém a descrição das obras de todos os homens, enquanto vivos. A Bíblia diz que os mortos foram julgados pelas coisas escritas nos livros, segundo as suas obras (Ap 20.12). O julgamento será individual, pois será segundo a obra de cada um. Após esse julgamento segundo as obras, será verificado se o nome da pessoa consta no Livro da Vida.O castigo eterno no lago de fogo será aplicado a quem não tiver seu nome inscrito no Livro da Vida (Ap 22.15). O Juízo Final também é chamado de Juízo do Grande Trono Branco.

Em suma, apontamos as seguintes distinções entre os dois eventos:

JUÍZO DAS NAÇÕES

JUÍZO FINAL

Texto: Mt 25.31-46

Texto: Ap 22.11-15

Época: após a Grande Tribulação

Época: após o Reino Milenial

Local: Terra

Local: fugiram a terra e o céu

É o juízo do trono da glória de Cristo

É o juízo do grande trono branco

Julgados: as nações gentílicas

Julgados: os mortos

Não há menção de livros

Serão abertos os livros

Vemos três classes de pessoas: “ovelhas”, “bodes” e “irmãos”.

Há referência a uma só classe de pessoas: os mortos

Não há menção de ressurreição, pois os participantes serão os gentios vivos, que sobreviveram à Grande Tribulação.

Haverá a segunda ressurreição, pois os participantes serão os ímpios de todas as épocas.

Base do julgamento: tratamento para com os “irmãos” de Cristo, isto é, Israel e servos de Deus perseguidos na Grande Tribulação.

Base do julgamento: as coisas escritas nos “livros”, segundo as obras e o registro do nome no Livro da Vida.


Amados, sabemos que mediante a graça de Deus e permanecendo na obediência da fé em Cristo não estaremos sob qualquer condenação.

Repousamos na promessa bíblica que nos assegura: "Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito" (Rm 8.1).

Um comentário:

  1. Deus te abençoe meu irmão , pelo excelente comentário. Muito esclarecedor.

    ResponderExcluir